Kang Hyung Chul revelou que o D.O. do EXO lembrou-o do ator veterano Cha Tae Hyun!

12/09/2018

Como o diretor do último filme de D.O, Swing Kids, Kang Hyung Chul falou incrivelmente bem do ídolo que virou ator e suas habilidades de atuação.

"Eu não sabia muito sobre o ator Do Kyung Soo [nome dado] [antes de trabalhar com ele]", comentou ele. "Para ser honesto, em vez de escolher atores depois de ver seus trabalhos anteriores, costumo dar mais importância a como me sinto quando os conheço pessoalmente."

No entanto, ele relatou: "Eu assisti o web drama 'Be Positive', e Kyung Soo agiu descaradamente bem nele. Sua dicção era ótima, e eu achava que ele era um garoto que tinha o básico para baixo."

"Swing Kids" é um filme que acontece em 1951, durante a Guerra da Coréia. Estrelado por Roh Ki Soo, um rebelde soldado norte-coreano que se apaixona por sapateado e acaba se juntando a uma equipe de dança heterogênea em um campo de prisioneiros de guerra.

Kang Hyung Chul lembrou:

"Eu queria que Roh Ki Soo fosse imaturo. Se você pensar sobre isso, ele foi arrastado para o campo de prisioneiros de guerra de Geoje com a idade de um estudante do ensino médio".

Ele passou a compartilhar que ele considerou D.O. um ajuste perfeito para o personagem, explicando:

"Eu pensei que seria ótimo se uma pessoa pudesse ter tanto a imaturidade de um menino quanto a sinceridade de um jovem, e D.O. foi exatamente assim. Ele é mesmo. Ele parece um garoto, mas quando você fala com ele, ele é muito maduro. "

O diretor então mencionou que a atuação de D.O. lembrou-o especificamente de Cha Tae Hyun.

"Um ator ser capaz de fazer suas próprias linhas é uma coisa realmente extraordinária", disse ele. "Foi uma coisa que me surpreendeu quando trabalhei com Cha Tae Hyun em 'Scandal Makers'. Ele estava definitivamente recitando suas falas como escritas, sem errar uma única palavra, e tudo o que ele disse soou como se estivesse improvisando no local.

"Ele estava fazendo suas próprias [as linhas] enquanto as cuspia, e foi incrível", ele lembrou. "E Do Kyung Soo estava fazendo exatamente a mesma coisa."

Kang Hyung Chul também abordou o preconceito que, por vezes, assola os ídolos que buscam carreiras atuantes.

"Quando você pensa no porquê de se tornar um problema quando um ídolo entra em ação, é porque houve casos nessa indústria em que pessoas criaram ídolos independentemente de suas habilidades de atuação", observou ele. "Houve um tempo em que havia muitos casos desse tipo de tática comercial por pessoas que só estavam interessadas em desempenho financeiro, e o público em geral ainda tem um preconceito [de ídolos] baseado naquele tempo."

"No entanto, todos na indústria agora percebem que esse tipo de elenco é na verdade um enorme impedimento [para o desempenho de um projeto]", continuou ele. "Eu mesmo sou contra os ídolos como uma tática de negócios. No entanto, eu não acho que haja algo errado com um indivíduo talentoso atuando [mesmo que ele seja um ídolo]. "

"Pelo contrário, os ídolos passaram por um treinamento físico rigoroso, então eles realmente têm muitos pontos fortes", continuou o diretor. "Acontece que existem muitas crianças talentosas na esfera do ídolo. Se alguém está certo para o papel, então não há necessidade de se preocupar apenas porque essa pessoa começou como cantora. "

Tradução: Brazil Kpopper / Cr: Soompi